17 de dez de 2013

Linha de Pesquisa



Os procedimentos, conforme já explicitado acima, serão operacionalizados por acadêmicos voluntários, bolsista, professores colaboradores e as coordenadoras do projeto. A operacionalização das situações de controvérsias entre consumidores e fornecedores será realizada no seguinte formato: O local de funcionamento do Balcão do Consumidor será no prédio da Unicruz Centro. O funcionamento dar-se-á cinco vezes por semana, em dias fixos, com atendimento ao público externo através de agendamento. Assim que o interessado procurar auxílio no Balcão, será orientado e, em detectado o seu problema, será efetuada uma tentativa de conciliação - solução extrajudicial - através de contato com o fornecedor. Não sendo exitosa a mediação, será encaminhado para o atendimento do Procon, Defensoria Pública, Ministério Público ou NPJ da Unicruz.
Em relação ao objetivo específico que visa relacionar o Balcão ao “Projeto Profissão Catador”, pretende-se aproveitar a presença das assistentes sociais das associações, que possuem vínculo direto com os catadores e com a comunidade onde estão situadas as associações - pois laboram diariamente nos locais – para chamar esses cidadãos hipossuficientes e vulneráveis à educação para o consumo e efetivação dos direitos.
O projeto de atendimento à comunidade cruzaltense e das cidades vizinhas via Balcão deverá ser socializado e publicizado por meio do já aludido blog, panfletos, carro de som junto à comunidade, realização de ações comunitárias em que alunos voluntários possam divulgar, nas casas de bairros mais afastados a existência do Balcão, observando-se para que informem o eixo temático trabalhado no mesmo  (direitos do consumidor, entre outros ligados a estes).